Edir Macedo: Um ofídio esperando para dar o bote!


 

“Atrás das imagens existem cenários. As árvores, carros, paredes brancas e logotipos são como pessoas. Nós, massa sem fermento, não passamos de aglomeração e estatísticas percentuais. Cenário e figuração. Rabo de olho.”

Estas frases já estão massificadas, não é? Diversos panfletos, livretos, jograis e rodinhas de jovens comunistas utilizam essas ideias de “autodegradação” para poderem viver, só mais um pouco.

Durante esta semana me deparei numa discussão sobre religiões. Na ocasião, eu era o cenário da fotografia. Alguém lá atrás que passou sem ser notado. De um lado, um crente quase ateu, cético, agnóstico, com ares de jogador de pôquer e do outro um evangélico, manso, meio nas nuvens ou acima delas. Um afirmava que Deus era o princípio e o fim. O outro debochava da bíblia. “Como posso seguir um livro que não sei quem escreveu?” afirmava o bendito descrente.

Tentei entrar na briga, como juiz, mas com que direito poderia julgar as pedras e o vento? Com que dever me obrigaria a tal feitio? Pelo menos, a escuta das réplicas e tréplicas dos lutadores me fizeram pensar na Rede Record e seu dono. Um cara como Edir Macedo, devotado, fiel às práticas religiosas e à sua missão profética na terra, deve ter um nobre motivo para manter a atual programação da Record.

Imaginem um homem, que desde cedo já era devoto aos propósitos divinos e que passou a vida inteira a pregar a palavra de Deus, perambulando por todos os lugares e religiões, e que finalmente conseguiu criar/construir o seu templo, o primeiro. Então, percebendo a grandiosidade de sua obra, este homem resolve utilizar os meios de comunicação para obter mais alcance, mais fiéis, mais templos e mais… E mais!

De repente, numa jogada de mestre, altamente espiritual, este homem de Deus se tornou dono da (atualmente) segunda melhor emissora de televisão no Brasil. A missão salvadora de Macedo estava completa. Eu também achava que sim. Bem, era de se esperar que ele tirasse do ar todas as telenovelas, programas com conteúdo picante e demais besteiras que corrompem a moral e os bons costumes de seus fiéis, agora milhares pelo Brasil inteiro.

Vinte anos já se passaram e o único momento em que Macedo utiliza seu “maior” bem para propagar suas profecias é a madrugada. Durante o dia, seus apresentadores/obreiros têm outra missão: Destruir a Rede Globo ou TV Satanás, para os íntimos. Ou seja, no momento mais oportuno para a propagação dos ideais macedianos, ele vira o jogo. As olimpíadas são bem mais importantes que a transmissão do culto de terça-feira. Por que será?

Não que eu me incomode com isso. Quem se incomodaria? Afinal, não pago dízimo para eles e nunca fui a nenhum culto. Já até pensei em ir numa sessão de descarrego, mas preferi tomar uma taça de vinho e escrever uma canção.

A Rede Record só trabalha para a obra de Deus depois da meia-noite. E o que existe depois das doze badaladas? Lobisomens (se for sexta-feira e tiver lua cheia), reprises do Sem Censura (excelente), insones procurando canais, endividados procurando dinheiro (coitados) e o público cativo do Jô. Mas vejam só, o “Fala que eu te escuto” também não faz parte dos planos “evangélicos” de Edir Macedo. Na verdade, os pastores tentam competir com o Corujão global. Páreo duro viu? Depois da meia-noite hoje já é amanhã.

O bispo é muito inteligente. Deve estar aguardando o melhor momento para expor suas ideias. Por enquanto, ouvimos uma coisa ou outra em mensagens subliminares durante a programação. Mas, dificilmente uma pessoa que dá tudo que tem sem saber para quem entenderá as “entrelinhas universais”.

 

 

Diego Schaun no Twitter @DiegoSchaun

Diego Schaun no Facebook facebook.com/DiegoSchaun

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s