Horário eleitoral: Quem tem mais tempo, ganha mais votos.


 

Os brasileiros têm vivido dias intermináveis. As novelas começam mais cedo. Os jornais terminam mais cedo. Depois do almoço é possível ter alguns segundos de paz. As TVs são desligadas e os candidatos falam para as sombras. Como é bom ignorar aqueles que nos ignoram por anos e anos!

É claro que a mídia influencia o voto. Os números ainda convertem pessoas. Quem fala mais, engana mais. E quem engana, se elege. E os que se elegem, o que fazem? Arrecadam fundos para o ano que vem? Para quê? Reduzem o preço do bilhete único? Derrubam e reconstroem para derrubarem novamente? Sim, é o que se tem feito por aí.

Nestas eleições municipais de 2012 o dinheiro correu solto. Quantos milhões foram gastos em papéis inúteis, jingles horríveis e bonecos infláveis? Mas cada um faz o que quer, quando se tem dinheiro. E os partidos têm muito dinheiro. Em São Paulo, por exemplo: O Serra é rico. Haddad também é rico. Russomano é rico e é patrocinado por um cara rico. Muito rico! Chalita? Também tem dinheiro! Os outros candidatos de baixa legenda vivem bem. Sabemos disso. Todos irão votar neles no domingo porque os pobres devem votar nos ricos. A ideologia brasileira é assim. As novelas, contos, poesias, livros e músicas de nosso país afirmam a todo instante que você é melhor do que eu. Que ele sabe mais do que ela e de que aquele senhor ali na esquina não vale nada. Não tem nada. É um bundão!

Cada partido tem uma cota de minutos na TV, de acordo com o número de deputados eleitos na Câmara Federal. O PT vence todas as siglas, com 87 deputados. Em seguida, vem o PMDB (Partido do Muro do Brasil) em alguns casos aliado dos vermelhos. PSDB e DEM juntos não chegam a 80 cadeiras. Mas tudo depende da ótica. As cadeiras contadas são vazias ou ocupadas? Se assim fosse, muita coisa poderia mudar.

Os partidos pequeninos, que tem míseros segundos (porque não coligaram com ninguém) apresentam propostas criadas no Power Point e editadas no Windows Movie Maker, enquanto que petistas e tucanos fazem produções cinematográficas de alta classe. São tantas propostas, resumos de biografias, projetos inúteis que eles nos apresentam que a cabeça fica cheia. Um afirma que criou o genérico, o outro idealizou o Prouni. O professor escreve livros, a mocinha pedala, o operário toma café, o bigodudo sonha, o senhorzinho dorme e os demais não são citados em pesquisas.

E se o tempo de cada candidato fosse revertido? Já pensou o Serra com 51 segundos na TV? Só ia dar tempo de falar o número dele e afirmar que ele foi o melhor disso, melhor daquilo e o melhor de não sei o quê. E o PT? Nem iria dar para o Lula aparecer. Quando ele começasse falar: “Companheiros e companheiras”, a imagem seria interrompida pelo Programa Eymael, que teria 7 minutos e meio para afirmar sete vezes que ele mudou a Constituição e que tudo isso é “uma questão de querer”!

O que houve de interessante durante todo esse período de propaganda eleitoral? Talvez, essa seja uma pergunta sem resposta. Muitas pessoas foram ludibriadas, outras mudaram as opiniões e milhões decidiram que não vão votar.

O STE fez a sua parte, alertando os eleitores sobre as formas de votar corretamente, a idade em que o voto não é obrigatório, e tentaram convencer as pessoas a não comprarem voto. Talvez tenha surtido algum efeito. Porém, acho difícil, muito difícil a inexistência da compra de votos. Quem não tem a mínima instrução e vive à míngua do destino, facilmente apertará qualquer botão por um pedaço de pão. A ética e as boas práticas da democracia apelam para que nós não votemos em branco. Eu também concordo com isso. Precisamos participar do processo democrático, mas, se todos os candidatos são ruins (pelo menos dizem que são) é melhor votar em qualquer um e cobrar de alguém que eu não votei, ou anular o voto para ficar quatro anos olhando de baixo os tribunos da plebe?

 

 

Diego Schaun no Twitter @DiegoSchaun

Diego Schaun no Facebook facebook.com/DiegoSchaun

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s